Curriculum

Mário Trigo


Recebeu formação teatral de âmbito profissional com os PAINES PLOUGH,- Seminário para Encenadores e Escritores, dirigido pelo encenador John Tiffany e pelo escritor Enda Walsh, organizado pelos ARTISTAS UNIDOS na Culturgest.

Integrou o Seminário de Formação para Jovens Encenadores coordenado pelo Ministério da Cultura e Teatro D. Maria II, onde recebeu formação de Béatrice Picon-Vallin, Gennadi Bogdanov, Kristian Lupa, Eimuntas Nekrosius, Luís Lima Barreto, entre outros.

Integrou a Oficina de Assistência de Direcção  do espectáculo Apocalipse 1.11, produção do Teatro da Vertigem – Brasil, para OS ENCONTROS ACARTE 2000 – Fundação Calouste Gulbenkian.

Integrou o Seminário de Dramaturgia Prometeu – Rascunhos da Comuna, com direcção de Jorge Silva Melo l ARTISTAS UNIDOS.

Em 1998 fundou a companhia Associação Teatro Focus, onde encenou autores como F. Céline, Boris Vian, Oscar Wilde, Sófocles, Jean Genet, Isabel Freire, Fernando Sousa, Gil Vicente, Molière, entre outros, em cena no Teatro Taborda, Maria Matos-Teatro Municipal, Sala Estúdio do Teatro da Trindade, Instituto Franco-Português, Belém-Clube, Teatro da Garagem, Casa Dos Dias Da Água – Lisboa; Teatro Viriato – Viseu; Teatro de Portalegre; CAPA – Faro; entre outros.

Encenou espectáculos para várias companhias de teatro independentes, das quais destaca teatromosca e teatro TapaFuros, em cena no Centro Cultural Olga Cadaval, Companhia de Teatro de Sintra, Estúdio 2M – Sintra; Estúdio Zero – Porto, entre outros.

Enquanto actor tem exercido uma vasta colaboração com encenadores portugueses, dos quais destaca Ávila Costa, João Meireles, Pompeu José, Pedro Carmo, Francisco Campos, Rui Guilherme Lopes e Rui Mário.

Concebeu, para algumas companhias do circuito de lisboa, vários desenhos de luz.

 

Concebeu e dirigiu vários ciclos de Leituras Encenadas, de onde destaca a sua colaboração com a produtora Cassefaz